Jogadores do Bayern são retirados pela polícia do vestiário de juiz

Clube alemão se revoltou contra atuação do árbitro húngaro Viktor Kassai e seus assistentes na derrota por 4 a 2 para o Real Madrid

Relacionadas

A expulsão de Arturo Vidal e a não anulação por impedimento de dois gols de Cristiano Ronaldo revoltaram os jogadores do Bayern de Munique. Momentos depois da derrota por 4 a 2 para o Real Madrid, e a consequente eliminação nas quartas de final da Liga dos Campeões, Thiago Alcântara, Robert Lewandowski e o próprio Vidal foram até o vestiário do árbitro Viktor Kassai no Santiago Bernabéu reclamar da atuação dos oficiais húngaros na partida. 

Segundo informação do jornalista espanhol José Luis Sánchez, do programa de TV "El Chiringuito" e também da Rádio Marca, os três atletas do Bayern tiveram que ser retirados do local pela polícia e Madri. 

 

'ÁRBITROS DE MELHOR QUALIDADE'

Apesar de afirmar que nunca dá opiniões sobre árbitros, o hispano-brasileiro Thiago Alcântara não se conteve após o final da partida contra o Real Madrid. Em conversa com jornalistas, o meio-campista disparou contra a atuação do trio húngaro na capital espanhola. 

"Nós sabemos que esse confronto, entre rivais tão iguais, poderia ir para cada um dos lados e que poderia ser decidido no menor dos detalhes. Mas não esses. Me irrita muito quando uma partida tão bonita e importante como essa não é decidida pelos jogadores, mas por alguém de fora", falou Thiago. 

"É claro que nesse estágio da competição, para jogos desse nível, é preciso ter árbitro de melhor qualidade", concluiu o camisa 6. 

MAIS SOBRE:

futebolBayern de MuniqueReal Madrid
Comentários