Jogadores do Real Madrid lideram estatísticas na Copa do Mundo da Rússia

Jornal espanhol destaca as exibições dos jogadores merengues nesta primeira fase do mundial

A Copa do Mundo costuma colocar os grandes jogadores no radar dos clubes. De acordo com uma reportagem do Marca, é isso que o Real Madrid costumava fazer: esperar boas atuações para jogar suas redes e contratar o atleta após o termino do mundial.

Lukaku marca seu 4º gol na Copa e fala sobre ídolo: 'Adriano é maior que eu'

'O Palmeiras é o primeiro campeão mundial', afirma Blatter a jornal

Após vitória da Alemanha, brasileiros temem duelo nas oitavas de final

No entanto, os dados levantados pelo jornal espanhol apontam que a edição russa promete ser diferente. Nesta primeira fase, as estatísticas estão sendo dominadas por jogadores que já atuam com a camisa merengue. É claro que o primeiro exemplo do sucesso madrilenho dado é o desempenho de Cristiano Ronaldo.

O português era, até este jogo da Inglaterra, o artilheiro da competição - junto com Lukaku. Harry Kane ultrapassou eles e está na liderança com 5 gols. Para eles, o hat-trick marcado contra a Espanha é o grande exemplo de exibição individual na Copa. A reportagem ainda destaca as diversas maneiras que o gajo português balançou as redes na russa: "de pena, de falta, de jogada, de cabeça, com a direita e com a esquerda".

Em seguida, o texto analisa a atuação dos meio campistas do Real Madrid. Isco foi descrito como o jogador de futebol mais em forma da seleção espanhola. Modric foi exaltado pelo futebol jogado, principalmente na partida contra a Argentina de Lionel Messi.  

Kroos, por sua vez: "levantou a equipe campeã do mundo, despertou suspiro na garganta alemães e deixar boquiaberto o resto do planeta", descreveram em referência ao gol de falta marcado pelo alemão na partida contra a Suécia, para virar o placar no último minuto dos acréscimos. 

Estatísticas

Outros dados foram levantados pela reportagem. Em dois deles, inclusive, aparece o lateral da seleção brasileira Marcelo. Isco (261), Kroos (242), Marcelo (240) e Ramos (231) são os quatro jogadores que mais tocaram na bola nos diferentes estádios da Rússia.

Mas não foi apenas tocar a bola: Ramos teve 94.47% dos passes concluídos com sucesso, Kroos foi o segundo, com 93.2%, seguido de Isco, na quarta colocação com 93.47% de acerto e Marcelo em quinto com  86,24%. Entre eles um único jogador sem ser do Real: Mascherano.

Marcelo é o segundo jogador que recuperou mais bolas, 26, uma a menos que o onipresente Kanté. Kroos é quinto com 20 recuperações, Casemiro tem 18, Varane 17 e Modric 16. Isso tudo, no entanto, levando em cosideração apenas as primeiras duas rodadas da Copa do Mundo.

E Keylor, que não conseguiu impedir a eliminação da Costa Rica, é o segundo goleiro que tem mais defesas, com 9, superado apenas pelo mexicano Ochoa. Isco, na seleção espanhola, é o jogador que mais pede a bola, quem a movimenta, quem faz o maior número de quilômetros e quem distribui o melhor.

MAIS SOBRE:

FutebolCopa do Mundo Rússia 2018 [futebol]Cristiano RonaldoReal Madrid Club de FutbolEspanha [Europa]MessiSuécia [Europa]EstatísticaLuka ModricMarceloKeylor Navas
Comentários