Jorge Wilstermann ganha recepção digna de título após eliminar o Atlético-MG

Equipe boliviana se tornou a primeira na história a eliminar um rival brasileiro na Libertadores

Relacionadas

O time boliviano do Jorge Wilstermann, que eliminou o Atlético Mineiro da Libertadores após o empate por 0 a 0, no Mineirão, ganhou uma celebração digna de título no retorno para casa. Uma multidão se reuniu para celebrar a equipe, primeiro time da Bolívia na história a eliminar um rival brasileiro na competição continental.

Nesta sexta-feira, milhares de torcedores recepcionaram o elenco no Aeroporto de Cochabamba. Os torcedores participaram de uma fez uma carreata e seguiram o ônibus do time até o centro da cidade. Ali, foi montado um palco para uma festa pelo feito inédito.

Na região central da cidade, diante de torcedores uniformizados e cantando músicas do clube, e em meio a muita festa, o técnico Roberto Mosquera discursou rapidamente. "Com perseverança e esforço, como nós fizemos, todos podemos alcançar os nossos sonhos", disse o treinador.

Agora, nas quartas de final, o Wilstermann vai encarar o River Plate, da Argentina, num jogo bastante difícil. A primeira partida está marcada para a Bolívia e o jogo de volta acontece em Buenos Aires. 

MAIS SOBRE:

futebolfutebolLibertadores [Copa Libertadores da América]
Comentários