Jornal americano critica Neymar: 'Mergulhador, farsante, simulador e ator'

'USA Today' publicou um artigo intitulado: 'Por todo seu talento, Neymar é uma vergonha para o futebol'

A classificação do Brasil para as quartas de final da Copa do Mundo da Rússia não foi o suficiente para ofuscar as recentes críticas da imprensa internacional direcionadas ao craque Neymar. Nesta segunda-feira, o jornal americano USA Today publicou um artigo intitulado: "Por todo seu talento, Neymar é uma vergonha para o futebol".

+ Ator de 'Harry Potter' diz que Neymar é patético e revolta torcedores

+ Brasileiros 'invadem' enquete de jornal argentino e pedem apoio dos 'hermanos'

+ Capa de tabloide inglês provoca colombianos antes de decisão

O artigo assinado pelo jornalista Martin Rogers ressalta as habilidades do camisa 10 da seleção brasileira, mas condena suas ações dentro de campo. "Neymar é o jogador mais caro da história do futebol, um dos melhores jogadores do mundo, um herói nacional, um ícone cultural, um potencial campeão da Copa do Mundo e um absoluto constrangimento", diz a publicação.

"Você pode terminar cada afirmação sobre o superstar brasileiro com um gigante "MAS". Ele é apenas um farsante, um mergulhador, um simulador, um ator de teatro ou qualquer outra palavra que o futebol usa para encobrir o fato de que alguém está tentando trapacear e descaradamente trapacear ao convencer o árbitro a punir um oponente", acrescentou.

O texto ressalta as ações de Neymar durante os jogos da Copa do Mundo dando destaque para a atuação do jogador na partida contra o México. "Foi um momento cômico. Faltando 20 minutos para o final, o mexicano Miguel Layun, cansado de Neymar, moveu-se em direção ao atacante, de bruços, e colocou o pé em cima do brasileiro, logo acima do tornozelo".

"Era o tipo de toque que carregava a força de um pepino colocado na canela de alguém. O mau hálito causou mais danos. No entanto, havia Neymar, levando uma fração de segundo para perceber sua oportunidade, desencadear o grito agora famoso, em seguida, contorções dignas de Hollywood", completou.

 

MAIS SOBRE:

FutebolCopa do Mundo Rússia 2018 [futebol]
Comentários