Jornal britânico reclama de ausência da Inglaterra em paródia brasileira

Artigo do 'The Independent' analisa baixa expressão do time inglês nas últimas Copas

A nova música brasileira que viralizou na internet após a vitória do time contra a Sérvia chegou aos ouvidos ingleses, e eles não gostaram de ter ficado de fora da letra. Em um artigo para o jornal britânico The Independent, o jornalista Ed Maylon analisa como a ausência do país reflete a pouca expressão do time nos últimos torneios mundiais.

+ Nova fase, novo visual: Neymar chega a Samara e aposta no 'pretinho básico'

+ Pogba diz que Messi é o melhor do mundo há mais de 10 de anos

+ Após eliminação, jornais portugueses falam sobre 'o fim do sonho'

A música, promovida nas redes sociais à hino do Brasil na Copa do Mundo da Rússia, cita a Alemanha, Argentina, Espanha, França e até a Itália. Esses países já provaram ser grandes rivais da seleção, em partidas lembradas até hoje na história do esporte. O autor do texto argumenta que não ser lembrada por uma equipe com grandes chances na disputa como o Brasil mostra a fragilidade atual da Inglaterra.

Essas canções, típicas de países sul-americanos, são usadas para levantar a torcida. Ainda tentando ser incluídos na brincadeira, em tom irônico, o jornalista cita alguns momentos embaraçosos da seleção britânica e indaga se os brasileiros não poderiam se divertir com isso também.

Sem uma grande atuação em Copas do Mundo desde da vitória sobre o Equador nas oitavas de final em 2006, Maylon fala que agora é a hora de provar que o país ainda está vivo na competição. "Restam duas verdades simples e claras, uma é que a Inglaterra deve ganhar um jogo de forma a nocautear o adversário, e a segunda é que grandes seleções veem a Inglaterra como parte dos times fáceis a serem batidos no sorteio", diz Maylon no artigo.

Confira a letra:

"Não dá pra esconder o que eu sinto por você Rússia

Não dá (4x)

Só sei que a Alemanha estremece

Que a Argentina só tem o Messi

Inevitavelmente a Itália dança 

O Zidane não nasceu na França

O Iniesta nem joga mais

Só sei que ser brasileiro é bom demais!

Ê ô, ê ô, sou brasileiro!"

 

MAIS SOBRE:

FutebolCopa do Mundo Rússia 2018 [futebol]torcida
Comentários