Jornal deixa de chamar goleiro do Fla de Muralha: 'Não faz jus ao apelido'

'EXTRA' publicou editorial em sua capa explicando a decisão, 'em nome da precisão jornalística'

Relacionadas

Conhecido pela suas capas criativas e com manchetes muito bem elaboradas, o jornal carioca EXTRA repetiu a dose, agora com um tema futebolístico. 

Na primeira capa de edição desta sexta, o periódico estampou um editorial no qual afirma que, "em nome da precisão jornalística", não tratará mais o goleiro Muralha, do Flamengo, por esse apelido, já que, no entendimento do jornal, "desmoralizou o vulgo". Com isso, a partir de agora, a publicação apenas se referirá a ele como Alex Roberto, ex-Muralha. 

O motivo do jornal não chamar mais o goleiro pelo apelido seria seu mal desempenho embaixo da trave e, principalmente, o baixo aproveitamento em defesas de pênaltis. Desde que chegou ao Flamengo, foram 16 penalidades cobradas em jogos oficiais e mais um em amistoso contra Alex Muralha e só um defendido - contra o Bangu, no Carioca de 2016 -, com um aproveitamento de 5,88%. 

Além disso, ele foi considerado um dos principais culpados da eliminação do Flamengo para o Paraná, na Primeira Liga. O goleiro falhou em gol que levou a decisão para os pênaltis e não defendeu nenhuma das cobranças. 

O EXTRA, no entanto, se comprometeu a "rever a decisão caso Alex Roberto, o ex-Muralha, volte a fazer por merecer". 

Nas redes sociais, as reações foram divididas, entre os que entenderam a capa como brincadeira e os que viram uma falta de respeito e ofensa ao jogador. 

 

 

Confira na íntegra o editorial do jornal EXTRA

"Em nome da precisão jornalística, o leitor do EXTRA não encontrará, a partir de hoje, a palavra Muralha relacionada ao senhor Alex Roberto Santana Rafael. Provável titular do Flamengo na final da Copa do Brasil, Alex Roberto, o ex-Muralha, mais uma vez desmoralizou o vulgo, levando um frango no jogo contra o Paraná pela Primeira Liga. Além de ter errado 100% dos lados nas cobranças de pênaltis, completando 545 dias sem defender uma penalidade. Também em nome da precisão jornalística, o EXTRA se compromete a rever sua decisão caso Alex Roberto, o ex-Muralha, volte a fazer por merecer."

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MAIS SOBRE:

futebolFlamengo
Comentários