Jornal espanhol: Lesão de Neymar criou uma 'guerra' entre o PSG e a seleção

Atacante brasileiro decidiu operar o pé esquerdo, ao contrário do que o clube e o técnico Unai Emery indicavam inicialmente

Relacionadas

A cirurgia de Neymar para reparar uma fratura no pé direito vai atrapalhar o clima do Paris Saint-Germain antes do jogo de volta contra o time merengue na Liga dos Campeões? Pode acarretar na ida do atacante brasileiro para o Real Madrid na próxima temporada? Não parece possível de acontecer, ao menos no momento. No entanto, é o que tenta indicar um jornal espanhol, que afirma que a decisão pela intervenção teria feito a seleção brasileira e o clube francês 'entrarem em guerra'.

Após notícia de que Neymar pode passar por cirurgia, brasileiros temem pelo hexa

PSG confirma lesão de Neymar e jogador é chamado de 'pipoqueiro' nas redes

Jornal diz que para agradar Neymar, PSG pode oferecer Mbappé por Coutinho

O diário As, conhecido por ser originário e por vezes 'defensor' dos times de Madri, publicou na capa da edição desta quinta-feira que a lesão provocou uma guerra interna no PSG que estaria deixando o atacante incomodado com o seu clube.

Paris Saint-Germain e o seu técnico Unai Emery chegaram a afirmar que Neymar não precisaria operar o pé e até teria chances de enfrentar o time espanhol no torneio europeu. No entanto, ele teria decidido sozinho pela intervenção antes que o técnico da seleção brasileira, Rodrigo Lasmar, chegasse à França para conversar com a equipe do time parisiense.

A decisão teria irritado a junta médica do PSG, que, por contrato, teria a palavra final em toda e qualquer decisão sobre a saúde do brasileiro - o que, de acordo com o As, não aconteceu no caso: eles preferiam um tratamento mais 'conservador' sem cirurgia, mas após o contato de Neymar e Lasmar, não foram atendidos.

Com a operação, Neymar deverá voltar aos gramados apenas no final do mês de abril, e atuaria apenas em uma possível semifinal de Liga dos Campeões - para isso, o PSG precisa reverter a derrota por 3 a 1 sofrida no jogo de ida das oitavas de final diante do Real Madrid há duas semanas.

MAIS SOBRE:

futebol Neymar Paris Saint-Germain Real Madrid Club de Futbol
Comentários