Jornal português diz que Felipe Neto é 'maior do que o clube' após recusar cargo

Empresário e youtuber não aceitou a proposta de ser diretor de comunicação do Botafogo

Relacionadas

O empresário e youtuber Felipe Neto foi convidado para ser diretor de comunicação do Botafogo. No entanto, o torcedor, que é também dono de uma das patrocinadoras do clube, recusou a proposta. Nesta terça-feira, um jornal português comentou a rejeição de uma maneira inusitada.

Marcio Padilha foi demitido por causa da pressão feita pela torcida e os botafoguenses começaram a pedir o anúncio de Felipe Neto para o cargo. No entanto, o empresário diz que não aceitou o convite por ter muitos outros afazeres e afirmou que o time precisa de uma reformulação em todos os setores.

"Fui procurado, balancei... mas do jeito que as coisas estão hoje... não dá pra tocar isso", afirmou ao Globoesporte.com. Uma matéria sobre a situação do clube carioca, no entanto, chama a atenção. "Dirigente maior que o clube", diz a manchete da publicação do português A Bola. A reportagem ainda aponta que a chegada de Felipe Neto seria "uma das maiores contratações".

"A verdade é que se Neto tivesse dito sim, o diretor teria mais seguidores que o próprio clube. Entre Facebook, Twitter, Instagram e Youtube, o Fogão tem 3,1 milhões de fãs, ainda assim menos que os 3,5 milhões de Felipe Neto só no Facebook. Entre as quatro redes, o humorista contabiliza 51,6 milhões de seguidores", avalia.

Recente aquisição do youtuber botafoguense Felipe Neto, a empresa Vigia de Preço terá a sua marca estampada na camisa de jogo do time profissional, ao lado do escudo do clube. Além da empresa, o brasileiro ainda é sócio de outros quatro negócios.

 

MAIS SOBRE:

futebolBotafogoFelipe Neto
Comentários