Lateral do Flu rebate provocação citando drama familiar e homofobia

Igor Julião publicou um desabafo em sua conta no Twitter

Relacionadas

Após ser provocado por um torcedor, o lateral Igor Julião usou as redes sociais para desabafar. Em seu texto, publicado no Twitter, o jogador do Fluminense revela que um tio se suicidou por não suportar mais sofrer com homofobia.

"Sou descendente de escravos e indígenas. Fui bolsista nos colégios particulares que estudei e terminei o ensino médio em uma escola pública. Tive um tio homossexual que se suicidou há 1 mês, por não suportar mais homofobia. Defendo tudo o que eu vivo", escreveu o jogador.

 

O texto foi publicado após um torcedor afirmar que Igor Julião estava fazendo "marketing social" na web. "Sabia que quando branco rico começa a falar muito em justiça social e racismo ele está fazendo marketing social? Ah sim. Claro que sabia. Que inocência a minha", escreveu o internauta.

Logo após a repercussão do caso, o internauta apagou sua publicação e privatizou o seu perfil no Twitter. O jogador do Fluminense, por sua vez, fez uma cópia da mensagem e divulgou em seu perfil oficial.

 

 

MAIS SOBRE:

futebolFluminenseIgor Julião
Comentários