Leeds desrespeita fair play e faz gol; Bielsa ordena empate e zagueiro se revolta

Entenda a confusão ocorrida em um jogo decisivo da segunda divisão da Inglaterra

Relacionadas

Momentos bizarros aconteceram em uma partida decisiva da segunda divisão inglesa. O Leeds, comandado por Marcelo 'el loco' Bielsa se envolveu em uma confusão sobre fair play durante jogo com o Aston Villa.

O jogo estava empatado em 0 a 0 quando Johnathan Kodjia, do Aston Villa, caiu no gramado com dores, aos 25 do segundo tempo. Seus companheiros de time pediram que a bola fosse colocada para fora para que ele fosse atendido pela equipe médica, mas os atletas do Leeds não somente seguiram a jogada como abriram o placar com Matheusz Klich.

É claro que os jogadores do Aston Villa se revoltaram e quase houve briga generalizada. Bielsa discutiu com John Terry, auxiliar técnico do time de Birmingham e o atacante Anwar el Ghazi foi expulso. Para solucionar a situação, Bielsa ordenou que seus jogadores deixassem o adversário empatar.

Foi o que os atletas do Leeds fizeram. Menos o zagueiro Pontus Jansson. Ao ver seus colegas deixando o atacante Adomah avançar, tentou impedir o gol, sem sucesso. Nervoso, Jansson gritou com os outros de seu time e gesticulou em direção ao banco de reservas. Estes foram os únicos gols do jogo.

Com o 1 a 1 no placar final, o Leeds não tem mais chance de alcançar o Sheffield United na segunda posição do Campeonato. Dessa forma, o Sheffield está garantido na primeira divisão na temporada 2019-20, assim como o líder Norwich. Ao time de Bielsa, restará disputar um mata-mata contra outros três times (um dos quais é o próprio Aston Villa), no qual somente um conseguirá o acesso.

MAIS SOBRE:

futebolLeeds UnitedCampeonato Inglês de Futebol
Comentários