Leeds pode perder R$ 900 milhões devido a fair play ordenado por Bielsa

Treinador mandou seus jogadores deixarem o adversário empatar após desrespeitarem o jogo limpo

Relacionadas

No último domingo, Marcelo Bielsa ordenou aos jogadores do Leeds que deixassem o Aston Villa fazer um gol e empatar o jogo após ignorarem o fair play anteriormente e abrirem o placar enquanto um adversário estava caído no gramado. Este ato, embora 'justo', pode causar muitos prejuízos financeiros ao clube.

Com o empate em 1 a 1 que ficou no placar desde os 25 do segundo tempo até o fim, o Leeds não tem mais chance de alcançar o Sheffield United na segunda colocação da Segunda Divisão. Na Inglaterra, o segundo lugar é o último com vaga garantida na Primeira Divisão no ano seguinte. Do terceiro ao sexto lugar, os times disputam um mata-mata e só um sobe.

Dessa forma, apesar de estar em terceiro, o Leeds pode ficar na segunda divisão, e o quinto lugar (atualmente, o Aston Villa), pode subir. E há uma diferença financeira brutal entre jogar na divisão principal e na secundária.

No Campeonato Inglês da primeira divisão, os valores das cotas televisivas são divididos unicamente pela colocação final, e mesmo o último colocado recebe mais de 100 milhões de libras (R$ 510 milhões). Na segunda, todos os times recebem uma cota fixa de 6,8 milhões de libras (R$ 34,6 milhões). Ou seja, uma diferença de R$ 475 milhões.

Além disso, quem disputa a elite do futebol inglês recebe um 'seguro' caso venha a ser rebaixado. No primeiro ano de volta à Segundona, o valor é de 48 milhões de libras (R$ 244 milhões), e no segundo ano, caso não suba, é de 36 milhões de libras (R$ 183 milhões). No total, são R$ 427 milhões que podem ter ficado pelo caminho do Leeds. Juntando com a cota televisiva, são R$ 902 milhões.

Além disso, o clube provavelmente poderia conseguir uma arrecadação maior a partir de patrocínios, ingressos, venda de produtos oficiais, entre outras fontes.

ENTENDA O CASO

No domingo, Aston Villa e Leeds empatavam em 0 a 0 quando, aos 25 do segundo tempo, Johnathan Kodjia caiu no gramado e pediu para ser atendido. O atletas do Leeds continuaram a jogada e fizeram o gol, o que revoltou os rivais do Aston Villa. Depois de muita confusão, Bielsa ordenou que seus jogadores permitissem o empate do adversário, e apenas o zagueiro Pontus Jansson não concordou com a atitude.

MAIS SOBRE:

futebolMarcelo BielsaLeeds UnitedLeeds United Football ClubCampeonato Inglês de Futebol
Comentários