Lenda do Chelsea, Terry tem casa avaliada em R$ 19 milhões assaltada

Ladrões entraram na mansão do zagueiro enquanto ele viajava com a esposa

John Terry, ex-capitão da seleção inglesa e zagueiro do Chelsea, foi vítima de um roubo em sua mansão no sudoeste de Londres, enquanto aproveitava as férias com a família, informou neste sábado a imprensa britânica. Os ladrões assaltaram a casa, avaliada em 5 milhões de libras (R$ 19,2 milhões), enquanto Terry e a mulher estavam esquiando. Segundo o tabloide inglês “The Sun”, o estafe do jogador suspeita que os registros em redes sociais tenham servido como alerta para os ladrões, que decidiram agir quando tiveram certeza que os moradores estavam longe do imóvel.

"Eles adoram compartilhar fotografias com seus seguidores, mas nunca foram muito cuidadosos com as imagens da casa. Houve vários casos de casas de famosos que foram assaltadas porque os bandidos viram fotos em suas páginas no Instagram e no Twitter", disse a fonte ao jornal "The Sun".

A polícia já iniciou investigação sobre o roubo e o jogador comprou uma empresa de segurança privada para fazer um trabalho constante no local durante os próximos dias. 

 

 

Great few days away Skiing with the family ❄️ @toniterry26

Uma publicação compartilhada por John Terry (@johnterry.26) em

MAIS SOBRE:

futebolChelseaInglaterra
Comentários