Liédson minimiza discussão com Sá Pinto e deseja sorte ao técnico no Vasco

Atacante nega que tenha chegado a brigar fisicamente com o treinador na época em que ambos estavam no Sporting

Relacionadas

Desde que o técnico Ricardo Sá Pinto foi confirmado como o novo treinador do Vasco, o atacante Liédson passou a ser lembrado. E não por uma razão positiva: enquanto os dois estavam no Sporting, teriam trocado socos durante uma discussão no vestiário, segundo o jornal português A Bola. Mas Liédson negou que fosse algo tão sério e desejou sorte ao antigo comandante no time carioca.

"Sobre a confusão que eu tive com Sá Pinto, não chegamos às vias de fato não houve agressão. São mais de 10 anos que passou isso, realmente aconteceu o desentendimento já no campo, numa Taça de Portugal. Na Taça de Portugal, lá eles preservam muitos os titulares, praticamente joga o segundo time. Eu estava no banco, e ele era diretor", comentou Liédson em entrevista ao site globoesporte.com.

Na sequência, ele deu mais detalhes de como foi a discussão. "Ele estava reclamando de um colega nosso, não vou citar nomes por ética. Não gostei porque ele estava reclamando muito, falando alto e gesticulando. A gente discutiu ali, mas ficou por isso mesmo. Depois no vestiário, ele era diretor. A gente ganhou, ele pediu para fazer uma reunião. Começou a falar e disse que não poderia falar isso, não falou diretamente para mim logo", começou Liédson.

"Falou que jogador não poderia falar isso para dirigente e não sei o quê. Aí fomos nos aproximando. Quando íamos chegar aos fatos, a turma do deixa disso não deixou que chegássemos a socos e pontapés. Não chegou por pouco, é verdade, mas a galera separou", relatou o ex-atacante, com bom humor.

Por fim, Liedson desejou sorte a Sá Pinto. "Aproveitar para desejar boa sorte a ele, que ele possa fazer um trabalho fenomenal no Vasco. Ele sabe que é meu amigo, embora a gente tenha tido essa discussão. Torço para que ele dê certo, assim como quando vieram Paulo Bento e Jorge Jesus", afirmou Liédson.

Sá Pinto terá muito trabalho no Vasco. A equipe sofreu a quinta derrota seguida na noite desta quarta-feira e vê a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro cada vez mais próxima.

MAIS SOBRE:

futebolLiedsonVascoSporting Clube de PortugalRicardo Sá Pinto
Comentários