Luka Modric, do Real Madrid, pode pegar cinco anos de prisão na Croácia. Entenda

Principal jogador da seleção croata é acusado de ter mentido em depoimento à justiça de seu país

Relacionadas

A Justiça da cidade croata de Osijek acusou o astro Luka Modric, do Real Madrid, de ter mentido durante um julgamento ocorrido em seu país em junho de 2017

+ Estrelas do Real Madrid ganham novos carros e mostram bom gosto

+ Modric é o novo 10 do Real Madrid; será mais um afetado por 'maldição'?

+ Com apenas um ano como técnico, Zidane já pode ter maior salário do mundo

A acusação refere-se ao testemunho de Modric em um julgamento contra o ex-diretor técnico do Dinamo de Zagreb, Zdravko Mamic, sobre a transferência do jogador para o Tottenham, em 2008. Mamic é acusado de suposto desvio de dinheiro e fraude fiscal. 

Em comunicado publicado na internet, o Ministério Público explica que chegou à conclusão de que Modric cometeu o delito por ter apresentado dados "que sabia que não correspondiam com a verdade". Dar falso testemunho, na Croácia, pode provocar uma pena de até cinco anos de prisão.

Em janeiro deste ano, Modric pagou 1 milhão de euros ao governo espanhol. Ele era acusado pelo fisco de ter usado uma empresa sediada em Luxemburgo para não pagar impostos entre 2013 e 2014.

Aos 32 anos, Luka Modric é o principal jogador da seleção da Croácia e está no Real Madrid desde 2012. Antes, teve passagens marcantes pelo Tottenham, da Inglaterra, e pelo Dinamo Zagreb, um dos principais times croatas. 

MAIS SOBRE:

futebol Real Madrid Club de Futbol Luka Modric
Comentários