Luxemburgo culpa a TV Globo pela sua saída da seleção: 'Não provaram nada'

Treinador garante que o canal 'o perseguiu' com histórias de que recebia dinheiro de jogadores

Relacionadas

Vanderlei Luxemburgo acaba de se envolver mais uma polêmica. Em entrevista ao comentarista Walter Casagrande Junior para o Esporte Espetacular, o atual técnico do Sport relembrou os tempos em que treinava a seleção brasileira e até mesmo encontrou um culpado pelo seu "fracasso": a TV Globo.

"A minha saída da seleção foi muito em função da não convocação do Romário para a Olimpíada (de Sydney 2000). Aí se você quiser entrar no mérito, e acho que não é bom entrar no mérito, quero falar no meu livro, porque vai entrar televisão, uma série de coisas", começou.

"Fala. Pode ficar à vontade. Qual o problema?", disse o comentarista, percebendo que seu convidado estava se sentindo intimidado. E Luxemburgo então afirmou: "A Rede Globo. Me botou por uma semana no Jornal Nacional, (falando) que eu levava dinheiro de jogador, que levava isso, que levava aquilo lá. Imagina o que aconteceu", desabafou, prometendo esclarecer o assunto em um livro que pretende escrever sobre sua carreira.

Curioso sobre o assunto, Casagrande revelou não saber de nada sobre esse caso e perguntou o que de fato era verdade. "Não provaram absolutamente nada. Única coisa que eu tinha era idade trocada, que meu pai trocou, porque era uma praxe de jogador", justificou-se brincando com o analista global: “Você deve ser gato, também. Todo mundo era gato",  oque foi negado pelo comentarista.

Perguntado sobre como avaliou o seu trabalho na seleção, o técnico respondeu: "Achei muito bom. Saí em segundo colocado nas Eliminatórias, acabei a Copa América invicto (Campeão em 1999), ganhei o pré-olímpico invicto e perdi a competição, a Olimpíada".

MAIS SOBRE:

FutebolOlimpíadaVanderlei LuxemburgoCasagrandeJornal NacionalRomárioRede Globofutebol
Comentários