Mãe de Rabiot alfineta Neymar: 'há jogadores que podem ir ao carnaval no Rio'

Empresária do volante faz duras críticas ao PSG pelo tratamento com seu filho

Relacionadas

Uma polêmica circula o ambiente do Paris Saint-Germain desde janeiro, quando Rabiot foi afastado do time principal por ter sido visto em uma boate após a eliminação do clube da Liga dos Campeões. Em uma entrevista ao periódico L'Equipe, a mãe e agente do volante comentou a situação vivida por seu filho.

Verónique Rabiot faz duras críticas ao PSG pela maneira como estão tratando o camisa 25 e, mesmo sem citar nomes, alfineta Neymar. "Há jogadores que faltam por um cochilo de seis minutos (Rabiot) e outros que estão machucados, mas podem ir para a festa do outro lado do mundo, no carnaval do Rio", compara.

O episódio do cochilo foi em outubro do ano passado, quando o francês de fato chegou atrasado a um treinamento por estar dormindo. Assim como Mbappé, que também chegou tarde, ele foi multado e levado ao banco de reservas pelo técnico Thomas Tuchel

Faltando uma semana para o fim da pena, que acaba no dia 27, Verónique também afirma que o jogador francês de 23 anos está sofrendo com a situação. O contrato do meia com a equipe vai até 30 de junho e sua mãe acredita que essa atitude do clube foi planejada para levar a uma quebra de vínculo.

"Acho que o que querem agora é levar a uma ruptura de contrato. Mas Adrien não cometeu erro nenhum", afirma. "Ele é criticado por sair (para boate) quando não querem mais usá-lo! É contraditório. Não é possível aprisioná-lo. Ele tem que soltar toda sua energia, que não usa mais. E libera dessa maneira (indo a festas)", explica. 

Vale lembrar que a punição também inclui uma 'curtida' que ele deu em um vídeo publicado por Patrice Evra, em que o francês comemora o gol e a vitória do Manchester United, sua ex-equipe, nas arquibancadas do Parque dos Príncipes. "Adrien é um prisioneiro atualmente. É um refém do PSG. Daqui a pouco vão deixá-lo com pão, água e numa cela", criticou Véronique. A última vez que o volante entrou em campo pelo clube francês foi no dia 5 de dezembro. 

MAIS SOBRE:

futebolParis Saint-GermainNeymarLiga dos CampeõesThomas TuchelAdrien Rabiot
Comentários