Maradona diz que Messi é 'fenômeno', mas 'nunca vai ser um líder'

Ídolo argentino afirma que craque do Barcelona precisa 'ficar dentro do seu próprio mundo'

Relacionadas

Diego Maradona voltou a entrar em polêmicas nesta terça-feira. Durante entrevista à rádio La Red, da Argentina, o ex-jogador elogiou o compatriota Lionel Messi, mas afirmou que o craque do Barcelona "nunca vai ser um líder".

"Amo o Messi com todo o meu coração, é um fenômeno, mas torcedores e imprensa querem fazer dele um líder, quando ele nunca vai ser esse tipo de pessoa", disse Maradona durante a entrevista.

"Ele (Messi) precisa de ficar sempre dentro do seu próprio mundo, tanto dentro de campo, quanto fora dele, nas relações pessoais", completou o comandante do Dorados de Sinaloa, clube da segunda divisão do México.

A entrevista do argentino foi concedida quatro dias após deixar o hospital. Maradona estava em uma clínica particular de Buenos Aires para realizar exames de rotina que demoraram mais do que o esperado, pois um sangramento estomacal foi detectado. 

 

 

MAIS SOBRE:

futebolMessiMaradona
Comentários