Marcelinho Carioca ensina crianças a bater falta: 'Quero novos 'pés de anjo' no clube'

Craque histórico do Corinthians promoveu evento no Parque São Jorge

Relacionadas

O sábado foi de festa para um seleto grupo de corintianos. Não porque o time está disparado na liderança do Brasileirão, mas sim graças a Marcelinho Carioca, considerado um dos grandes ídolos da história do clube e que foi a grande estrela de um evento em que recebeu inúmeras crianças no Parque São Jorge para ensiná-los seu estilo de bater na bola, principalmente em faltas, que se tornaram sua grande marca ao longo na carreira.

"Quero poder ajudar a ver novos 'Pés de Anjo' nascerem. É claro que o dom é algo que o Papai do Céu reserva aos jogadores, mas a técnica da cobrança de falta é uma habilidade a ser desenvolvida diariamente, com muito treino e esforço. Eu me lembro de passar horas sozinho após as atividades, cobrando faltas atrás de faltas e, graças a Deus, pude fazer tantos belos gols pelo Corinthians", disse ele, empolgado com a oportunidade e na esperança que novos especialistas em bola parada possam surgir no clube. Em sua carreira pelo Corinthians, ele marcou nada menos do que 59 gols de falta de seus 206 no total.

Porém, para isso, Marcelinho, que atendeu individualmente cerca de 70 crianças que compareceram ao evento, mostrando sua técnica para bater na bola, pediu que todos eles se dedicassem primeiramente aos estudos para depois buscar seus objetivos, seja como jogador de futebol ou não. "No dia 23 de dezembro de 1993, eu cheguei no Parque São Jorge e falei para o Alberto Dualib: 'presidente, eu vim aqui para fazer história nesse clube'", mostrando todo o foco que teve antes de chegar ao sucesso.

Depois de muitas faltas batidas e muita conversa com a criançada, o ex-camisa 7 fez questão de agradecer ao Corinthians pela oportunidade. "Eu agradeço ao clube por abrir as portas para mim e para essa molecada. Poder pisar aqui no Parque São Jorge, que foi onde tudo começou para mim. Voce poder ensinar os fundamentos do futebol para eles, é algo muito gratificante", agradeceu, fazendo juras de amor ao clube que defendeu em 432 jogos: "Corinthians minha vida, Corinthians minha história, Corinthians meu amor!".

MAIS SOBRE:

FutebolCorinthiansParque São JorgeMarcelinho CariocaAlberto Dualibfutebol
Comentários