Meia da seleção peruana diz que equipe não depende de Guerrero

Renato Tapia, do Feyenoord, minimizou ausência do atacante

Relacionadas

O meia Renato Tapia, do Feyenoord, minimizou nesta quinta-feira a ausência do atacante Paolo Guerrero, do Flamengo, que teve suspensão por doping ampliada para 14 meses, o que o deixou fora da Copa do Mundo.

+ Goleada do Corinthians e hat-trick de Jadson leva torcida à loucura

+ Manchester United recebe premiação maior do que o campeão City no Inglês

+ Deu ruim! Veja quem são os jogadores que estão no álbum, mas fora da Copa

"Esta seleção não depende de um jogador, ou de dois ou três. Sempre demonstramos que nos desenvolvemos como um time", garantiu o jogador, de 22 anos, em entrevista coletiva. 

Tapia admitiu que ainda existe esperança de que a 'Blanqirroja' conte com Guerrero, mas afirmou que a punição ao capitão não pode tirar o foco da preparação da seleção do Peru para a Copa, o primeiro do país desde 1982.

"A página não foi virada, mas temos que pensar no Mundial. É preciso ser consciente, porque vem pela frente um acontecimento muito grande", disse o meia. 

Os peruanos realizaram hoje o quinto treino de preparação para o torneio. No dia 29, a equipe enfrentará a Escócia, em Lima, na despedida da torcida. Depois, a seleção ainda enfrentará a Suécia e a Arábia Saudita, em amistosos. 

Os peruanos realizaram hoje o quinto treino de preparação para o torneio. No dia 29, a equipe enfrentará a Escócia, em Lima, na despedida da torcida. Depois, a seleção ainda enfrentará a Suécia e a Arábia Saudita, em amistosos./ EFE

MAIS SOBRE:

FutebolGuerreroseleção peruana masculina de futebol
Comentários