Mesmo marcando só um gol em estreia, Neymar pede música no 'Fantástico'

Apresentador Tadeu Schmidt derreteu-se em elogios ao analisar primeiro jogo do brasileiro pelo PSG

A estreia do brasileiro Neymar e seu gol marcado na vitória do Paris Saint-Germain sobre o Guingamp por 3 a 0 pelo Campeonato Francês foi motivo de elogios e brincadeiras um pouco exagerados no quadro Gols do Fantástico, no programa dominical da Rede Globo, na noite de ontem.

O apresentador Tadeu Schimidt "deixou" até o craque pedir música no quadro, o que tradicionalmente só é permitido a jogadores que fazem três ou mais gols em uma partida. Neymar acabou escolhendo um som de seu amigo e "parça" Thiaguinho, "Energia Surreal". "No sofá da sala, energia surreal. Aqui dentro amor, lá fora temporal", diz um trecho da letra da música.

Derretendo-se em elogios a Neymar, Tadeu começou o quadro dizendo que a estreia do brasileiro pelo time francês foi "perfeita".  "Não vem dizer que eu estou exagerando não... A cobertura da estreia de Neymar no Fantástico é absolutamente imparcial", brincou o apresentador.

Quando mostrou o primeiro gol do PSG, marcado por Ikoko, do Guingamp, contra, o apresentador disse que o gol, na realidade, tinha sido marcado por Neymar. "O campo magnético gerado por Neymar, que estava próximo, pressionou a bola em direção ao gol", exagerou Tadeu.

O apresentador também aproveitou para fazer piadinha com o nome de dois jogadores do Guingamp - o lateral Ikoko, que fez o gol contra, e seu colega de time, o atacante Coco. "Os cocôs mais caros do mundo", disse.

Na hora de pedir música, Tadeu "inventou" um artigo no regulamento do quadro segundo o qual "toda vez que um jogador for vendido por mais de 220 milhões de euros, pode pedir músicas se fizer qualquer coisa na estreia".

Neymar acabou citando duas músicas de Thiaguinho, "Energia Surreal" e "Deus Quer". "Deixo pro Tadeu escolher", afirmou o jogador.

Assista:

MAIS SOBRE:

futebolfutebolParis Saint-GermainNeymar
Comentários