'Messi não é adequado à intensidade da Inglaterra; ele não é CR7', diz Petit

Ex-jogador francês acredita que argentino tem apenas mais um ou dois anos em alto nível

Relacionadas

Campeão da Copa do Mundo em 1998 com a França, Petit comentou sobre os recentes rumores sobre a saída de Messi do Barcelona e ida para o Manchester City ou Manchester United, entre outros clubes. Para o ex-jogador e atual técnico, o atacante argentino não aguentaria o ritmo do futebol inglês.

"Honestamente, eu não acho que ele seja adequado à intensidade da Inglaterra. Ele não gosta de ter espaço fechado e ser combatido. Na Espanha, ele é protegido. Seria um prazer para os torcedores ingleses vê-lo lá, mas eu não vejo por que um clube como o Manchester City, por exemplo, iria tentar contratar Messi aos 32 ou 33 anos. Se o City quisesse contratá-lo, eles deveriam ter tentado alguns anos trás", afirmou Petit em entrevista ao site Paddy Power.

"Messi não é Cristiano Ronaldo. Fisicamente, ele não é a mesma máquina. Ronaldo é um monstro, mas aos 32 anos, Messi só tem mais um ou dois anos jogando no mais alto nível. Mesmo jogando com grandes jogadores no Barça, ele não vai ter a mesma velocidade ou habilidade de driblar. Eu tenho certeza que ele sabe que o fim não está muito distante", opinou o ex-jogador francês.

"Messi ganhou muitos títulos e quando eu olho para o time do Barcelona de 10 anos atrás, é claro que o clube estava no seu auge. Os jogadores escreveram suas próprias lendas naquele período. É normal que depois que você atinge esse nível você perceba que não há mais nada acima disso e o único caminho é para baixo. Você não pode ficar no topo para sempre", comentou Petit sobre a fase atual do clube catalão. Na opinião dele, o Barça não conseguiu competir bem no mercado de transferências.

Os rumores da saída de Messi cresceram com o recente atrito público entre o jogador e o diretor do Barcelona (e ex-colega de time) Abidal. Jornais listaram cinco clubes que teriam dinheiro e interesse para contratá-lo: Inter de Milão, Juventus, PSG, Manchester United e Manchester City. O contrato de Messi com o Barça vai até 2021, mas o atleta tem a opção de rescindi-lo unilateralmente sem custos.

No entanto, se o Manchester City aparecia como favorito para contratar Messi por ter Pep Guardiola, ex-Barcelona, o próprio técnico tratou de desmentir os rumores e afirmar que deseja ver o argentino se aposentando no clube atual.

MAIS SOBRE:

futebolMessiBarcelona [Futbol Club Barcelona]
Comentários