Milagre em meio a tragédia: goleiro sobrevive ao desabamento em Gênova

Davide Capello caiu de uma altura de quase 20 metros e conseguiu escapar da morte

Relacionadas

Nesta última terça-feira a ponte Morandi, em Gênova, na Itália, despencou e deixou ao menos 39 mortos no colapso. No local do acidente estava o goleiro Davide Capello, ex-atleta do Cagliari e que atualmente joga pelo Legino Calcio, clube amador da cidade.

"Devo ter caído uns 20 metros, meu carro ficou destruído. Eu consegui descer e telefonar para os bombeiros, depois liguei para minha família. Foi chocante. Sinto que nasci de novo. Fui tocado por um milagre", desabafou o jogador de 33 anos em entrevista ao jornal La Repubblica.

"Estava passando pela ponte quando, num certo ponto, vi a estrada em minha frente colapsar. Eu também caí. Fiquei preso com o carro em ferragens e por isso não despenquei", contou ao veículo italiano Sky Tg24.

Capello também descreveu que não se lembra de ter visto um raio ou algo atingir a ponte, mas que, no momento do acidente, chovia bastante. "Só tenho uma memória na cabeça: a estrada a cair", afirmou. "Foi uma cena de filme, um apocalipse”, concluiu.

 

MAIS SOBRE:

FutebolGênova [Itália]Itália [Europa]desabamento
Comentários