Mulheres recebem autorização para assistir partida da seleção do Irã

Centena de iranianas acompanharam a vitória do seu país por 2 a 1 em amistoso com a Bolívia

Relacionadas

Cerca de uma centena de iranianas foram excepcionalmente autorizadas a assistir a uma partida da seleção de seu país contra a Bolívia, nesta terça-feira (16), em Teerã. Sem ser inédita, esta presença feminina nas arquibancadas é rara.

Na República islâmica do Irã, as mulheres não têm o direito de ir ao estádio para assistir a jogos de futebol de homens. Soprando cornetas nas cores nacionais (verde, branco e vermelho) e balançando bandeiras iranianas, as torcedoras foram colocadas numa arquibancada separada dos homens. Elas puderam ver a seleção do Irã vencer por 2 a 1 a Bolívia em amistoso.

Mais cedo, o site Varzesh3, especializado em informação esportiva, explicou que as autoridades locais autorizaram um número limitado de mulheres a assistir ao jogo: "membros da família da seleção de futebol, membros das seleções femininas de futebol e futsal, funcionárias da federação de futebol e, claro, algumas fãs de futebol" puderam ver o jogo in loco.

Desde a vitória da revolução islâmica em 1979, as mulheres estão proibidas de comparecer a estádios para assistir a jogos de futebol masculinos, oficialmente para protegê-las das grosserias dos homens. Esta medida é muito contestada no próprio meio do sistema político iraniano./Com informações da agência AFP

 

 

MAIS SOBRE:

FutebolIrã [Ásia]mulherSeleção Iraniana masculina de futebolfuteboltorcida
Comentários