Mulheres sauditas assistem a jogo do Brasil no estádio pela primeira vez

Torcedoras puderam comparecer sozinhas ou com seus maridos no local, mas só podem ficar em setores familiares

Relacionadas

Pela primeira vez, mulheres sauditas entraram em um estádio de futebol para acompanhar um jogo da seleção brasileira ao vivo. A ação história aconteceu no amistoso entre Brasil e Arábia Saudita, nesta sexta-feira, no estádio da Universidade King Saud.

No local, as mulheres puderam comparecer sozinhas ou com seus maridos, mas só podem ficar em setores familiares. A medida foi anunciada em outubro do ano passado pelo príncipe herdeiro Mohamen bin Salman e entrou em vigor pela primeira vez em janeiro deste ano. Na mesma época, as sauditas conquistaram o direito de ter carteira de habilitação.

Fatimah Baeshen, embaixadora saudita nos Estados Unidos, chegou a incentivar a ida das mulheres aos estádios em mensagem publicada nas redes sociais no início deste ano. "Isso é mais que um direito das mulheres: a partida de hoje entre o Al-Ahli e o Al-Batin (que aconteceu em janeiro), bem como os próximos jogos, são uma oportunidade para que as famílias se reúnam e curtam o esporte nacional: o futebol", escreveu.

Em campo, o Brasil derrotou a Arábia Saudita nesta sexta-feira. Ainda parecendo sentir a ressaca pela decepção na Copa do Mundo da Rússia, a equipe de Tite fez 2 a 0 sobre o adversário asiático, com gols de Gabriel Jesus e Alex Sandro.

 

MAIS SOBRE:

FutebolArábia Saudita [Ásia]Brasil [América do Sul]TiteGabriel Jesusseleção brasileira masculina de futebol
Comentários