Não é só no Brasil: obra de estádio do Tottenham atrasa e fica para 2019

Arena estava prevista para ter primeiro jogo em setembro de 2018, mas não tem previsão de inauguração

Relacionadas

O Tottenham divulgou um comunicado oficial informando que mandará todos os jogos restantes de 2018 em Wembley, devido ao atraso nas obras de seu estádio. A nova arena estava prevista para sediar o primeiro jogo em 15 de setembro, mas agora não tem data para ser inaugurada.

"Eu queria poder confirmar uma data exata de abertura e uma rodada. Entretanto, à luz de fatores que fogem completamente do nosso controle, empreiteiras perdendo prazos e possíveis questões futuras, estamos sendo naturalmente cautelosos a respeito do calendário para nossos eventos testes e um jogo de abertura oficial", escreveu o presidente do clube, Daniel Levy, no comunicado.

Levy prossegue. "Enquanto estamos conscientes da necessidade de manter a pressão nas empresas contratadas para entregar a obra tão rápido quanto possível, também sabemos de como é difícil a falta de claridade para nosso torcedor planejar os jogos, especialmente aqueles perto do Natal e Ano Novo, por isso confirmamos que jogaremos em Wembley até o dia 29 de dezembro. Sabemos que a demora é uma fonte de desapontamento enorme para todos e só posso continuar pedindo desculpas por isso" afirma, se dirigindo aos fãs da equipe.

A entrega do estádio foi adiada por problemas no sistema de segurança. Caso o estádio esteja pronto já no Ano Novo, pode ser inaugurado em 13 de janeiro, contra o Manchester United.

Previsão errada

O Tottenham provocou os adversários Arsenal e Chelsea antes da Liga dos Campeões começar fazendo uma propaganda em que anunciava seu novo estádio como o único lugar em Londres para assistir a principal competição de clubes da Europa. Porém, pode acabar dando errado, já que a equipe tem um ponto conquistado em nove disputados, está cinco atrás da Inter de Milão, segunda colocada do grupo. Caso não se classifique para as oitavas, não jogará na nova arena na atual edição da Liga.

MAIS SOBRE:

futebolTottenham Hotspur Football ClubCampeonato Inglês de Futebol
Comentários