NESTE DIA, Maradona fazia gol de mão e Argentina batia Inglaterra na Copa de 1986

Lance entrou para a história e ficou conhecido como 'La mano de diós'; argentino fez outro golaço na partida

Relacionadas

No dia 22 de junho de 1986, foi realizado um dos maiores jogos da história da Copa do Mundo. Argentina e Inglaterra se enfrentaram nas quartas de final da Copa do México, em confronto marcado por tensões políticas. Nele, um nome se sobressaiu: o de Maradona.

Aos seis minutos do segundo tempo, um dos grandes momentos: Maradona subiu e marcou o gol com a mão. Os colegas de time nem foram abraçá-lo, mas o jogador os chamou, dizendo que se não fossem, o juiz tunisiano Ali Bin Nasser não validaria o tento. E acabou validando, para revolta dos ingleses. O lance ficou conhecido como 'La Mano de Diós'.

Quatro minutos depois, Maradona apareceu mais uma vez. Ele passou por praticamente toda a defesa da Inglaterra para marcar um golaço, o do 2 a 0. No final, ainda houve tempo para mais emoção, com Gary Lineker diminuindo aos 36 minutos.

O jogo tem uma importância ainda maior para os argentinos pelo momento político: foi a primeira vez que enfrentaram a Inglaterra depois de serem humilhados na Guerra das Malvinas. Por isso, ganhou um contexto de vingança, inclusive com brigas de torcidas na Cidade do México.

Posteriormente, a Argentina bateria a Bélgica na semi e a Alemanha na final, conquistando seu segundo (e até o momento, último) título mundial, tornando Maradona um ídolo ainda maior no país.

MAIS SOBRE:

futebolMaradonaseleção argentina masculina de futebolseleção inglesa masculina de futebolCopa América de FutebolCopa do Mundo México 1986 [futebol]
Comentários