Neto reclama de ameaças de morte após ter decretado o Palmeiras campeão

"Falaram que iam matar minha família, que iam matar minha mulher, meus filhos", desabafou

Relacionadas

O ex-jogador Neto usou o programa Os Donos da Bola, da Bandeirantes, desta terça-feira (3) para reclamar das ameaças virtuais que sofreu por parte da torcida palmeirense. O episódio começou na segunda-feira (2), após o comentarista ter decretado o Palmeiras campeão paulista, com direito a "troféu", medalha, pôster e confete no estúdio

Andrés contraria veto a treinos abertos e afirma: 'nós vamos fazer'

Cristiano Ronaldo quer a saída de Isco e outros seis jogadores para seguir no Real

Dos 12 grandes do Brasil, quem é o maior campeão do século

"Falaram que iam matar minha família, que iam matar minha mulher, meus filhos. Só porque eu estou dando o título ao Palmeiras eles me ameaçaram na internet. Mais de dois milhões de pessoas", desabafou. Depois, Neto minimizou o episódio do dia anterior. "Para aí, é só futebol. Quer dizer que não pode ter uma opinião diferente das outras?", endagou. 

O apresentador também comparou seus comentários que consagraram o Palmeiras campeão com os do jornalista Mauro Beting, que compartilhou a foto dos itens produzidos pelo programa em seu Instagram. "Mauro Beting, o cabelinho, peruquinha, pode falar, mas eu não posso porque sou ídolo do Corinthians. Qual o problema de colocar aqui, de falar que o Palmeiras pode ser campeão?", perguntou. 

Moisés, em uma coletiva de imprensa na Academia de Futebol, não escondeu o incômodo com a atitude de Neto e negou qualquer tipo de soberba. "Se estão colocando isso, eles teriam que falar por que fizeram isso. Vi todas as entrevistas depois do jogo e nenhum jogador do Palmeiras deu como ganho. Tem 90 minutos", afirmou o meio-campista. 

Para ficar com o título, no domingo (8), o Corinthians precisa vencer por dois gols de diferença. Um triunfo alvinegro por um gol levará a decisão para as cobranças de pênaltis. Um empate ou uma vitória fazem do Palmeiras campeão. 

MAIS SOBRE:

FutebolNetoPalmeirasMauro BetingCorinthians
Comentários