Neymar, Gabriel Jesus, Douglas Costa... Taison recebe apoio na web

Atacante foi vítima de racismo ao lado do também brasileiro dentinho durante clássico ucraniano

Relacionadas

O atacante Taison fez um duro desabafo nas redes sociais após ser vítima de racismo ao lado do também brasileiro Dentinho durante o clássico ucraniano entre Shakhtar Donetsk e Dínamo de Kiev. Com a publicação, o jogador recebeu apoio de diversas personalidades dentro e fora do esporte.

Neymar, Gabriel Jesus, Douglas Costa, Fernandinho e Maycon foram alguns dos jogadores que se manifestaram em apoio ao atleta. Outros nomes como os cantores Nego do Borel, Felipe Saab e Ferrugem, os jornalistas e apresentadores Felipe Andreoli e Glenda Kozlowski, também deixaram mensagens para Taison. 

"Só vai... 'tamo' contigo irmão", disse Neymar. "Orgulho de ser negro meu mano", reagiu Douglas Costa. ''Tamo' junto mano. Ignorantes tem em todos os lugares. Fica firme e forte mano. Nos vemos em breve aqui em Manchester!", escreveu Fernandinho.

Em sua publicação, Taison afirmou que jamais irá se calar diante de um ato tão desumano e desprezível. "Minhas lágrimas foram de indignação, de repúdio e de impotência, impotência por não poder fazer nada naquele momento! Mas somos ensinados desde muito cedo a sermos fortes e a lutar", afirmou.

Em outro trecho, o jogador que disputou a Copa do Mundo de 2018 reforçou que o futebol precisa mudar e agradeceu pelas várias mensagens de apoio recebidas. "Em uma sociedade racista, não basta não ser racista, precisamos ser antirracista! O futebol precisa de mais respeito, o mundo precisa de mais respeito! Obrigada a todos pelas mensagens de apoio!"

Dentinho também usou sua conta nas redes sociais para comentar o caso. "Eu não queria comentar sobre o que aconteceu, mas acho que não posso me calar diante de algo tão grave. Eu estava fazendo uma das coisas que mais amo na minha vida, que é jogar futebol e, infelizmente, acabou sendo o pior dia da minha vida. #nãoaopreconceito", escreveu o jogador.

Confira as publicações dos jogadores e veja os comentários:

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

“ Amo minha raça, luto pela cor, o que quer que eu faça é por nós, por amor... “ Jamais irei me calar diante de um ato tão desumano e desprezível ! Minhas lágrimas foram de indignação, de repúdio e de impotência, impotência por não poder fazer nada naquele momento ! Mas somos ensinados desde muito cedo a sermos fortes e a lutar ! Lutar pelos nossos direitos e por igualdade ! O meu papel é lutar , bater no peito , erguer a cabeça e seguir lutando sempre ! ✊ Em uma sociedade racista, não basta não ser racista, precisamos ser antirracista ! O futebol precisa de mais respeito, o mundo precisa de mais respeito ! Obrigada a todos pelas mensagens de apoio ! Seguimos a luta ...✊ Net rasizmu

Uma publicação compartilhada por Taison Barcellos Freda (@taisonfreda7) em

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Eu não queria comentar sobre o que aconteceu ontem, mas acho que não posso me calar diante de algo tão grave. Eu estava fazendo uma das coisas que mais amo na minha vida, que é jogar futebol e, infelizmente, acabou sendo o pior dia da minha vida. Durante o jogo, por três vezes, a torcida adversária fez sons que lembravam macacos, sendo duas vezes direcionadas a mim. Essas cenas não saem da minha cabeça. Não consegui dormir e já chorei muito. Sabe o que eu senti naquele momento? Revolta, tristeza e nojo de saber que ainda existem pessoas tão preconceituosas nos dias de hoje. Agradeço a todos pelas mensagens de apoio e manifestações de carinho. ⚽❤ #noracism #nãoaopreconceito

Uma publicação compartilhada por Dentinho ⚽ (@mlkdentinho) em

MAIS SOBRE:

futebolTaisonDentinhoracismo
Comentários