Neymar paga multa da Justiça Federal com apenas 12 dias de trabalho

Atacante do PSG foi multado em R$ 3,8 milhões; por dia, ele fatura o equivalente a R$ 308 mil

Relacionadas

Com apenas 12 dias de trabalho, o atacante Neymar paga a multa milionária de R$ 3,8 milhões imposta a ele, seus pais e três empresas administradoras de sua carreira pela Justiça Federal, para garantir o pagamento de dívidas com a Receita Federal do Brasil. 

O brasileiro do PSG recebe, por dia, o equivalente, na conversão do valor em euros, uma quantia de R$ 308 mil - ou, em outra comparação, um salário mínimo a cada 4 minutos e 23 segundos (R$ 937). Por segundo, Neymar fatura R$ 3,50.

Por ano, o salário de Neymar eqivale a R$ 111 milhões - é menos do que o valor dos bens dele e de sua família bloqueados pela Receita Federal (R$ 192,7 milhões) para que o valor devido, no entendimento do órgão federal, seja totalmente quitado.

Na decisão em que aplicou a multa, o desembargador Carlos Muta alega que a conduta de Neymar no processo “caracteriza litigância de má-fé e ato atentatório à dignidade da Justiça”. Ainda de acordo com o desembargador, a multa foi aplicada “em razão do caráter manifestamente protelatório do recurso manejado” pela defesa do jogador. Em outro trecho da decisão, Muta afirma que Neymar buscou “embaraçar a continuidade do processamento”.

 

MAIS SOBRE:

futebolParis Saint-GermainNeymarJustiça Federal
Comentários