Nigeriano deixa time turco após liga não ser suspensa pela pandemia

John Obi Mikel rescindiu com Trabzonspor por considerar inseguro continuar com as partidas em meio ao coronavírus

Relacionadas

O meia nigeriano John Obi Mikel, ex-Chelsea, encerrou nesta quarta-feira o contrato com o Trabzonspor, da Turquia, dias depois de manifestar temor com a continuação do Campeonato Turco durante a pandemia do novo coronavírus. A competição manterá a programação normal de partidas, embora todas serão realizadas com os portões fechados para diminuir o risco de contágio.

Aos 32 anos, o jogador está livre no mercado e deixa o clube por estar preocupado com a contaminação durante as partidas. "Eu não me sinto confortável e não quero jogar futebol nessa situação. Todos deveriam estar em casa com suas famílias e pessoas queridas nesse momento crítico. A temporada deveria ser cancelada já que o mundo está enfrentando tempos tão difíceis", escreveu.

Mikel passou 11 anos no Chelsea, de onde saiu em 2017. Depois, o nigeriano passou pelo Tianjin TEDA, da China, pelo Middlesbrough, da Inglaterra, e estava na primeira temporada no futebol turco. Pelo Trabzonspor, ele disputou 27 partidas, quase todas como titular.  

MAIS SOBRE:

futebolCampeonato Turco de Futebolcoronavírus
Comentários