Nike pode arcar com os custos do Real Madrid na compra de Neymar

O contrato do Real com a Adidas se estende até 2020, mas uma ruptura não é descartada

Relacionadas

Ainda que o Paris Saint-Germain demonstre querer continuar contando com Neymar em seu elenco - tanto que mandou até uma comitiva para visitar o craque, o Real Madrid insiste em iniciar a negociação. O preço já foi definido para liberar Neymar: 400 milhões de euros (1,6 bilhão de reais)

Galvão discorda de Tite, para ele as ausências de Diego e Luan são 'inexplicáveis'

A permanência de Mina no Barcelona depende da mulher de Coutinho; entenda

Aos 40 anos, Drogba anuncia aposentadoria no final da temporada

No entanto o Real Madrid pode ter uma ajuda e tanto para realizar a contratação. Interessada em se tornar a fornecedora do clube, a Nike estraria no negócio e arcaria com os custos da compra. A informação é do jornal espanhol As.

Ainda que os valores não sejam públicos, estima-se de que seriam os maiores já oferecidos a um clube, superando o que o rival Barcelona ganha - possibilidade de até 623,9 milhões de reais. A intenção da empresa é estar associada a dois dos clubes mais midiáticos de todo o mundo: Barcelona e Real Madrid. 

O contrato do Real com a Adidas começou em 1998 e se estende até 2020, o vínculo é avaliado em 160,9 milhões de reais por ano. Ainda assim, uma ruptura não é descartada. O negócio poderia ser fechado ao término desta temporada. 

MAIS SOBRE:

futebol Paris Saint-Germain Neymar Real Madrid Club de Futbol Nike Adidas
Comentários