No Dia da Mentira, relembre as simulações mais bizarras do futebol

Jogadores, goleiros, técnicos e até mesmo juízes já mentiram durante o jogo

Relacionadas

Neymar é um dos jogadores mais criticados pelos adversários por suas simulações. Lances envolvendo ele e o uruguaio Luis Suárez causaram polêmica na virada histórica do Barcelona sobre o PSG. Durante o jogo, o apresentador do SporTV, André Rizek,  criticou a postura do brasileiro em campo. "É sério que Neymar vai estragar esse jogaço com o insuportável cai-cai brasileirinho? Craque. Mas que péssimo hábito, hein?", publicou o jornalista no Twitter. 

Mas Neymar não é o único que utiliza desse artifício tentando forçar um cartão amarelo para o adversário ou até mesmo um pênalti. Quem não se lembra do lance com o Rivaldo na Copa do Mundo de 2002? O camisa 10 da seleção fingiu que a bola chutada pelo adversário atingiu seu rosto, mas a bola havia acertado o joelho. O brasileiro conseguiu enganar o árbitro, mas posteriormente foi multado em, aproximadamente, R$ 19 mil. 

E as simulações não são exclusividade dos jogadores de linha. Goleiros e até mesmo técnicos já deram aquela exagerada para enganar a arbitragem. E, mais recentemente, até mesmo um juiz conseguiu se envolver em um lance como esse. No clássico entre Vasco e Flamengo, Luis Fabiano levou o cartão vermelho ao dar uma "barrigada" no juiz, quando reclamava de marcação anterior. O árbitro se desequilibrou e até deu uns passos para trás antes de exibir o cartão ao atacante do Vasco. Luis Fabiano e os torcedores vascaínos ficaram na bronca e acusaram o árbitro de simuação. Pode isso, Arnaldo?

 

 

 

 

 

 

MAIS SOBRE:

futebolNeymarRivaldo
Comentários