Novo rumo: Ferdinand anuncia que se tornará pugilista profissional

Para novo treinador, ex-zagueiro do Manchester United tem 'ingredientes e potencial para levantar um cinturão'

Ídolo do Manchester United, o ex-jogador inglês Rio Ferdinand anunciou nesta terça-feira, 19, que deseja se tornar um pugilista profissional. Aos 38 anos, e aposentado há dois, o ex-zagueiro é um reconhecido fã da modalidade e, antes de subir ao ringue de forma profissional, deverá receber a licença da Associação Britânica de Controle de Boxe (BBBC, na sigla em inglês). 

"Este é um desafio, e por isso o estou fazendo. Já ganhei títulos em minha carreira e agora aspiro conseguir um cinturão de campeão", explicou Ferdinand, em entrevista coletiva. 

 

 

A pouco mais de um mês de completar 39 anos, em 7 de novembro, o inglês trabalha como comentarista de futebol na emissora britânica BT Sport e tem sua própria linha de roupas.

Rio será treinado por Richie Woodhall, técnico da seleção britânica de boxe e campeão do Conselho Mundial de Boxe (WBC, na sigla em inglês) na categoria super médio. Para Woodhall, o ex-jogador "precisa evoluir quanto ao estilo e isso eu terei que desenvolver e trabalhar". "Isso leva tempo, mas acho que ele tem todos os ingredientes e o potencial para levantar um cinturão no futuro", completou. 

 

 

Ferdinand não é o primeiro ex-jogador de futebol a subir no ringue. Antes dele, Curtis Woodhouse e Leon McKenzie, ex-atletas do Birmingham City e do Crystal Palace, respectivamente, já fizeram o mesmo caminho. Woodhouse, por sinal, foi campeão britânico no peso super leve em 2012.

No Manchester United entre 2002 e 2014, Ferdinand é o 19ª jogador com mais partidas disputas pelo clube, com 455. Ao todo, ele marcou oito gols e conquistou seis Campeonatos Ingleses (2002/03, 2006/07, 2007/08, 2008/09, 2010/11 e 2012/13), duas Copas da Liga Inglesa (2005/06 e 2008/09), quatro Supercopas da Inglaterra (2003, 2007, 2008 e 2011), uma Liga dos Campeões (2007/08) e um Mundial de Clubes (2008). Além do United, ele ainda defendeu o West Ham, onde conquistou uma Copa Intertoto (1999), Bournemouth, Leeds e Queens Park Rangers. / EFE

MAIS SOBRE:

futebollutasRio Ferdinand
Comentários