Barulho excessivo de torcida turca faz jogador alemão pedir para sair

Mesmo após colocar protetores de ouvido, Timo Werner, do RB Leipzig, pediu para ser substituído no 1º tempo da partida contra o Besiktas, pela Liga dos Campeões

Relacionadas

Quem disse que torcida não ganha jogo? Na partida entre Besiktas e RB Leipzig, em Istambul, nesta terça-feira, 27, pela fase de grupos da Liga dos Campeões 2017/18, o atacante alemão Timo Werner pediu para ser substituído por sentir tonturas e falta de ar, ocasionados pelo barulho excessivo da torcida turca. Após a partida, o clube divulgou que o jogador estava se sentindo melhor e que sua substiutição foi causada por "problemas circulatórios".

Em entrevista citada pelo portal T-Online, o treinador do RB Leipzig, Ralph Hasenhüttl, declarou que ainda não há um diagnóstico exato sobre o que causou os sintomas no jogador, citando possivelmente "exaustão". 

“Nunca estive em uma atmosfera como essa na minha vida toda. Eu simplesmente não conseguia focar", declarou Werner, citado pelo portal turco CapaMag Spor. "Até pedi protetores de ouvido, mas isso não me ajudou também, eu ainda não me sentia bem”, completou o jogador, que deixou a partida aos 32 minutos do primeiro tempo alegando tontura. 

 

 

Em vídeo publicado pelo próprio CapaMag Spor é possível ver o atacante cobrindo os ouvidos enquanto corre pelo círculo central. 

De acordo com relatório da Uefa, 36,641 torcedores estiveram presentes na vitória por 2 a 0 do Besiktas, no Vodafone Park, em Istambul. 

 

 

Após a partida, o técnico do Leipzig, Ralph Hasenhüttl, afirmou que "é impossível preparar seu time para uma atmosfera como essa". "Havia um som ensurdecedor no começo do jogo e fomos um pouco afetados por isso. Não fomos nem um pouco bem nos primeiros 20 minutos."

"Mas isso serve de lição para nós. Pude ver com quem posso contar em momentos como esse. Uma lição para continuarmos a aprender. No segundo tempo, meus jogadores se impuseram e tiveram chances, mas não foram suficientes. Parabenizo o Besiktas e eles mereceram a vitória", concluiu, dando uma cutucada no seu jogador. 

 

 

Aos 21 anos, Timo Werner é uma das principais promessas da nova geração alemã. Inclusive, ele esteve presente na disputa da Copa das Confederações, em julho, quando o técnico Joachim Low levou uma seleção alternativa. 

Na campanha do título, Werner participou de quatro das cinco partidas da Alemanha. Titular em três jogos, o garoto marcou três gols e deu duas assistências.

Na temporada passada, o atacante foi o quarto melhor artilheiro do Campeonato Alemão, com 20 gols. À frente dele ficaram Anthony Modeste, do Colônia, com 25, Robert Lewandowski, do Bayern, com 30, e Pierre Aubameyang, do Borussia Dortmund, com 31. 

MAIS SOBRE:

futebolRB LeipzigBesiktasLiga dos CampeõesTimo Werner
Comentários