'O maior sonho que eu tenho hoje é ser treinador do Barcelona', diz Xavi

Ex-jogador conta ter sido procurado pelo clube no início de 2020, mas que não considerou momento apropriado para assumir o cargo

Relacionadas

Um dos maiores ídolos da história do Barcelona, Xavi acredita que sua história com o clube catalão ainda não está terminada. Atualmente treinador do Al-Sadd, do Catar, o ex-meiocampista admitiu que um de seus maiores sonhos é retornar ao time e que ele e a comissão técnica já estariam se preparando para tal.

"O maior sonho que eu tenho hoje é ser treinador do Barça e voltar ao clube para vencer. Não apenas eu, mas ver os jogadores e o clube vencer. E, como consequência, nossa comissão técnica está se preparando muito e nos faz sonhar", disse em uma conversa organizada pela entidade 'Casa Nostra Casa Vostra'.

Xavi relatou ter sido procurado pelo Barça no início de 2020, após a demissão de Ernesto Valverde, mas que seu entendimento na época é o de que não era um bom momento para assumir o clube, pois queria pegar um projeto desde o início. Quique Setién foi contratado então, para comandar a equipe principal.

"Sou uma pessoa do clube. E o que eu gostaria é que todos tivessem as condições para retornar no exato momento para começar um projeto do zero. (...) Está claro que o cenário após as eleições no clube seria perfeito. (...) Conversei com o clube em janeiro, mas disse a eles que nem as circunstâncias nem o momento me favoreciam para assumir o clube naquele momento. Mas espero que me chamem de novo", completou.

Xavi foi multicampeão pelo Barcelona, tendo conquistado quatro Ligas dos Campeões, oito Campeonatos Espanhóis e três Copas do Rei, entre outros títulos. Pela seleção espanhola, foi campeão da Copa do Mundo em 2010 e da Eurocopa em 2008 e 2012.

MAIS SOBRE:

futebolBarcelona [Futbol Club Barcelona]Xavi
Comentários