O que dizem os jornais suíços após o empate com a seleção brasileira?

'Admirável', 'vale ouro', 'ótimo' e 'bem sucedido' foram alguns dos elogios feitos pelos periódicos

Relacionadas

O empate por 1 a 1 com a seleção brasileira foi considerado vitória pelos jornais suíços. A seleção dirigida por Vladimir Petkovic teve sua atuação exaltada. O jornal Tribune de Genève, por exemplo, classificou a atuação da equipe como "admirável" e comemorou o ponto conquistado: "vale ouro".

Brasileiros 'bombardeiam' Instagram de jogador suíço: 'fica longe do Ney' 

Vídeo machista de torcedores brasileiros com russa gera revolta nas redes

Os melhores memes da estreia do Brasil na Copa do Mundo

"A Copa do Mundo começa da maneira mais bonita para a Suíça. Em Rostov-on-Don, a seleção de Vladimir Petkovic forçou o Brasil a empatar. Este ponto arrancado da seleção com um cabeceio de Steven Zuber vale ouro. Ele permite que a Suíça encare a partida de sexta-feira em Kaliningrado contra a Sérvia em uma posição forte, já que um novo empate não comprometeria de forma alguma suas chances de se classificar para as oitavas de final", escreveram.

O diário 20 Minuten classifica como "ótimo" o empate com a seleção brasileira, além de relembrarem que esse time não perde desde as eliminatórias, em outubro do ano passado, quando sofreu uma derrota para Portugal por 2 a 0. 

“Do ponto de vista da Suíça, o segundo empate no segundo encontro em Copa do Mundo com os brasileiros em 68 anos é um ótimo desempenho. O resultado é mais uma prova do já positivo desenvolvimento desta equipe, que não perdeu desde o nocaute nas eliminatórias europeias Portugal e isso é impressionante”, declararam.

Já o 24 heures, jornal suíço na língua francesa, afirma que agora a vitória contra a Sérvia e Costa Rica se faz necessária para que o "empate de ânimo" com a "assustadora" seleção brasileira tenha sido útil. 

"O resultado está lá: o primeiro jogo nesta Copa do Mundo de 2018, contra um assustador Brasil de qualidades, teve, na chegada, os suíços saindo de campo com um empate em 1 a 1 no bolso". E completam: "Mas por ter levantado a cabeça da equipe contra Neymar e suas estrelas, a Suíça tem mais do que nunca confiança para dar e vender".

Para o ArcInfo, o desempenho da seleção suíça foi "excelente" e decisivo para garantir o ponto conquistado, que, para eles, foi merecido. Já o Neue Zürcher Zeitung, jornal em alemão editado em Zurique, constata que o time contou também com a sorte no final para garantir o empate. “O Brasil pressionou para fazer 2 a 1, mas o goleiro Sommer, o zagueiro Shaer e a sorte da Suíça garantiram a estreia bem sucedida na Copa do Mundo”. 

MAIS SOBRE:

FutebolVladimir PetkovicZurique [Suíça]Suíça [Europa]Costa Rica [América Central]Copa do Mundo Rússia 2018 [futebol]Brasil [América do Sul]Sérvia [Europa]Neymarseleção brasileira masculina de futebolimprensa
Comentários