O que os torcedores do Milan estão falando sobre a chegada de Paquetá?

Caso negócio se concretize, brasileiro iria para a Europa já na próxima janela de transferências, em janeiro

Relacionadas

A venda de Lucas Paquetá, o meia-atacante do Flamengo, está muito próxima de se concretizar. O Milan passou na frente do interessado Paris Saint-Germain, de Neymar, e está prestes a oficializar a compra do jogador brasileiro de 21 anos. 

De acordo com o globoesporte.com e o canal Rafla Mengo, o dirigente brasileiro Leonardo conduziu a negociação que custará ao clube italiano cerca de 35 milhões de euros mais bônus por desempenho (R$ 150 milhões). Nas redes sociais, os italianos já começaram a comentar sobre o atleta.

"Paquetá é um sopro de ar fresco em Milão. O futuro agora não é mais cinza", celebra um dos torcedores. "Eu disse meses atrás que Paquetá me lembrou um pouco o Kaká nos movimentos", analisa outro, que revela ter assistido algumas partidas do Flamengo só para ver o jogador.

Mas nem tudo são elogios. "Paquetá é muito lento, pode se tornar no máximo um Vazquez, ex-Palermo. Ótima técnica, mas muito pouca intensidade e velocidade", opina um dos tuítes. "Primeiro de tudo: como se pronuncia Paquetá? E, finalmente, alguém realmente assistiu e não apenas viu no Youtube?", pondera outro.

Muitos dos internautas também relembraram a passagem de Gabigol pelo futebol italiano. Na Inter, o jogador do Santos teve poucas oportunidades, atuou em dez jogos - um apenas como titular - e marcou um mísero gol.

"Antes de exaltar a Paquetá espere para vê-lo jogar na liga italiana", pede um dos torcedores. "Estou muito feliz por Paquetá. Eu só espero que não seja um novo Gabigol ou um novo Vinicius Jr", escreve outro.

"O Gabigol também deveria ser um fenômeno, no Brasil ele é o artilheiro, enquanto na Itália ele não foi capaz de fazer nada", compara. "Jogador é muito leve, já fez sua estreia na seleção e, aos 21 anos, é titular no Flamengo, com 9 gols na temporada. Ok, ele joga em uma liga cujo atual artilheiro é Gabriel Barbosa (sim, aquele Gabriel Barbosa)", brinca outra postagem. 

 

MAIS SOBRE:

FutebolfutebolLucas PaquetáMilan
Comentários