Ochoa provoca, finge ter sido agredido e consegue expulsão de adversário

Ainda assim, time do goleiro, o América do México, foi eliminado pelo Los Angeles FC na ConcaChampions

Relacionadas

O goleiro mexicano Ochoa normalmente se destaca pelas atuações em Copas do Mundo, mas, dessa vez, conseguiu aparecer também longe de um jogo do Mundial. E não por boas defesas. Na semifinal da ConcaChampions, o arqueiro do América utilizou a malandragem para conseguir a expulsão de um adversário do Los Angeles FC, o atacante Atuesta.

No lance, Atuesta caiu dentro da área, aparentemente sentindo uma lesão. Ochoa chegou mais perto e passou a provocá-lo. O atacante, irritado, se levantou rapidamente, sem atingir Ochoa, mas ainda assim o goleiro caiu com as duas mãos no rosto, simulando uma agressão.

A confusão durou alguns minutos e o jogo ficou paralisado. Por fim, o árbitro decidiu dar o cartão vermelho para Atuesta nos momentos finais do primeiro tempo da partida.

Mesmo com um a mais, o América não conseguiu a classificação para a final da ConcaChampions. O Los Angeles FC virou o jogo no segundo tempo e triunfou por 3 a 1 e avançou para enfrentar o Tigres, também do México, na grande decisão do torneio.

MAIS SOBRE:

futebolConcacafGuillermo Ochoa
Comentários