Operário desiste do goleiro Bruno e internautas afirmam: 'Carreira acabou'

Recuo nas negociações foi confirmado nesta quarta-feira por meio de nota oficial

Relacionadas

O Operário de Várzea Grande (MT) desistiu de contratar o goleiro Bruno. O recuo nas negociações foi confirmado nesta quarta-feira por meio de nota oficial divulgada pela diretoria do clube. Na última terça-feira, torcedores protestaram contra a chegada do jogador em partida do Campeonato mato-grossense.

Após a notícia, internautas afirmaram que a carreira do goleiro acabou. "Eu já teria pendurado minhas chuteiras se fosse ele! Sua carreira acabou!", "ele não deveria nem ter direito a liberdade", "Vá criar galinhas no interior ou abrir uma igreja. Ser pastor de ovelha. O que não dá é para aceitar assistir um assassino segurando mãos de crianças em estádios, dando entrevistas. Que suma", foram alguns dos comentários publicados nas redes sociais.

Bruno, de 35 anos, foi condenado pela Justiça mineira a mais de 20 anos de prisão pelo sequestro, assassinato e ocultação de cadáver da ex-namorada e modelo Eliza Samudio, ocorrido em 2010. Nesse momento, ele cumpre sua pena no regime semiaberto. Antes da condenação, havia defendido Atlético-MG e Flamengo.

Confira a repercussão:

MAIS SOBRE:

futebolGoleiro Bruno
Comentários