Pai cumpre promessa e dá nome de filho de Emerson Sheik por título da 'Liberta'

Torcedor prometeu que homenagearia o jogador que fizesse o gol do título

Relacionadas

Depois do pai que registrou seu filho com o nome de Corinthienzo, foi a vez de mais um torcedor do clube alvinegro comentar sobre a promessa que fez para que o Corinthians fosse campeão da Copa Libertadores: colocar o nome do jogador que fizesse o gol do título em seu futuro filho.

Sua mulher não estava sequer grávida na época, mas a aposta foi feita antes do fatídico jogo diante do Boca Juniors. A história do casal Anselmo Eduardo e Fernanda Bárbara foi relatada em entrevista ao portal Globoesporte.com

"Eu lembro como se fosse hoje, estávamos em um bar da cidade, e eu falei para um amigo que colocaria o nome do jogador que fizesse o gol do título em meu filho. Aí ele me perguntou: você tem filho? Não. Sua mulher está grávida? Não. Então como você vai cumprir a promessa? Não sei, mas vou dar um jeito", afirmou Anselmo.

Não foi um, mas foram dois gols do herói do título Emerson Sheik. O corintiano fanático relembrou a emoção que sentiu ao descobrir que sua mulher estava grávida. "Ela me ligou chorando, perguntando o que iríamos fazer. Eu falei para ela ficar calma, que o Sheik estava por vir", comentou.

Exatamente um ano depois da conquista do Corinthians o filho do casal nasceu: no dia 4 de julho de 2013, no mesmo horário em que a final começava, às 22h01. Hoje, o pequeno Emerson Sheik de Oliveira dos Santos já tem cinco anos de idade. "Todos me perguntam se, por exemplo, eu colocaria o nome de Paolo Guerrero. Poderia ter sido ele o autor dos gols que colocaria mesmo assim. Mas ainda bem que não foi, pois na minha concepção o Corinthians tem vários ídolos, como Ronaldo, Tupãzinho e Rivelino, mas quem tirou a gente da fila de espera foi o Sheik", analisa o pai.

MAIS SOBRE:

futebolCorinthiansLibertadores [Copa Libertadores da América]Boca JuniorsEmerson Sheik
Comentários