Pai de Kompany se torna 1º prefeito negro eleito em cidade da Bélgica

Capitão do Manchester City comemorou nas redes sociais o feito histórico

Relacionadas

No último domingo, o pai do zagueiro belga Vincent Kompany se tornou prefeito de Ganshoren, uma pequena cidade bilíngue perto de Bruxelas. Pierre Kompany venceu as eleições aos 71 anos e, assim que assumir o cargo em dezembro, vai se tornar o primeiro prefeito negro da cidade.

"Ele é o primeiro prefeito negro da Bélgica, nunca havia acontecido antes. É histórico. Todos estamos muito felizes. Parabéns para meu pai", declarou o capitão do Manchester City em vídeo publicado em suas redes sociais. 

Na legenda, Vincent explica um pouco da história de seu pai. Em 1975, Pierre Kompany deixou a República Democrática do Congo e foi para a Bélgica como refugiado. Apesar de ter estudado engenharia civil, Pierre passou a ganhar a vida como motorista de taxi em Bruxelas até conseguir se naturalizar.

Só em 2006 que sua carreira política começou, ao se tornar vereador. Oito anos depois, Pierre foi eleito para o Parlamento de Bruxelas. Agora, o político do partido Centro Humanista Democrático (CDH) vai comandar o município de cerca de 25 mil habitantes. 

 

MAIS SOBRE:

FutebolVincent KompanyBélgica [Europa]Manchester City Football Clubrefugiadofutebol
Comentários