Pai de Neymar embolsará R$ 366 mi com transferência do filho, diz jornal

Comissão milionária seria exigência do empresário, que está cuidando dos detalhes da mudança para o PSG

Relacionadas

As especulações sobre a transferência de Neymar para o Paris Saint-Germain ganham cada vez mais força. Desta vez, além do jornal francês Le Parisien cravar o acerto, o Sport, de Barcelona, informa que o pai do jogador faturará mais de 100 milhões de euros (R$ 366 milhões) com a transferência, que gira em torno de 222 milhões de euros (R$ 810 milhões).

De acordo com a publicação, essa seria uma exigência de Neymar pai, que, ainda segundo o jornal, embolsou 40 milhões de euros quando seu filho decidiu trocar o Santos pelo Barcelona, em 2013.

A transferência, aliás, é cheia de recordes. Além da maior comissão já paga na história, o próprio negócio supera muito a atual maior transferência de todos os tempos, que pertende a Paul Pogba, que, em 2016, quando trocou a Juventus pelo Manchester United, custou 100 milhões de euros.

Caso o acordo realmente seja confirmado, a ESPN informa que já existe um acordo entre Neymar e a direção do Paris Saint-Germain para que receba 30 milhões de euros (R$ 109,5 mi) a cada uma das quatro temporadas que terá contrato. Além disso, o craque ainda receberia luvas e uma parte dos lucros em alguns empreendimentos comerciais da Oryx Qatar Sports Investments em Paris.

MAIS SOBRE:

FutebolNeymarParis Saint-GermainSportBarcelona [Espanha]Neymar da Silva Santosfutebol
Comentários