Pai do atacante Gustagol é preso com mais de 15 kg de drogas em São Paulo

Jogador do Corinthians emprestado ao Fortaleza faz uma ótima temporada

Relacionadas

Na quinta-feira, a Polícia Civil de São Paulo apreendeu um homem com mais de 15 kg de maconha no interior paulista. O suspeito detido na cidade de Registro foi identificado como Aloisio Antonio, de 43 anos, e é o pai do atacante Gustagol, jogador do Corinthians emprestado ao Fortaleza.

Saiba quem são os 12 alvos de Tite para ocupar as cinco vagas restantes

Manchester City tenta prioridade na compra de três palmeirenses da base

Libertadores: veja como seu time está na luta por uma vaga nas oitavas

Segundo as informações da TV Tribuna, Aloisio foi flagrado por investigadores quando iria dar início a comercialização das drogas. Além da maconha apreendida, o homem também tinha oito porções de crack. Uma parte do conteúdo foi encontrado no carro de Aloisio, o restante estava em um imóvel ligado a ele.

Questionado pelos agentes, Antonio admitiu que pretendia vender as drogas e foi preso em flagrante por tráfico de entorpecentes. Após ser detido na sede da Dise, Antonio foi encaminhado para a Cadeia Pública da região.

Gustavo, de 23 anos, foi contratado pelo Corinthians em agosto de 2016, após se destacar com a camisa do Criciúma. Fez apenas nove partidas no clube antes de ser emprestado ao Bahia e, posteriorimente, ao Goiás. Já em 2018 o atacante foi novamente repassado, dessa vez ao Fortaleza, onde tem feito uma boa temporada. São 17 gols marcados nas 19 partidas disputadas.

MAIS SOBRE:

FutebolGustavoRegistro [SP]Fortaleza [CE]Corinthiansmaconhadrogas
Comentários