Palestino, do Chile, projeta alento de torcedores do Oriente Médio em telão

Clube foi fundado por árabes palestinos e seus descendentes; hoje, tenta valorizar apoiadores asiáticos

Relacionadas

O clube Palestino, do Chile, tem sua história ligada ao Oriente Médio. O time representa a colônia árabes palestinos e seus descendentes que moram no oeste da América do Sul e, por causa disso, tem seus torcedores também neste país asiático.

Como forma de valorizar estes torcedores, o Palestino gravou os gritos de apoio deles em relação ao clube durante a partida do time pela Libertadores, diante do Alianza Lima, e os projetou no telão do estádio no jogo seguinte, contra o River Plate. Um belo jeito de recordar quem o apoia mesmo do outro lado do oceano.

No entanto, o apoio extra vindo da Palestina não ajudou o Palestino. O time perdeu por 2 a 0 para o River Plate - Pinola abriu o placar no primeiro tempo e Fernández fechou a contagem no segundo. Borré, atacante do River, foi expulso no fim do jogo.

O Palestino não tem mais chance de se classificar para as oitavas de final da Libertadores - além do River Plate, o Internacional conquistou a outra vaga da chave. Na última rodada desta etapa, o time chileno enfrenta o Alianza Lima fora de casa visando garantir vaga na Copa Sul-Americana. Um empate basta para chegar ao objetivo.

MAIS SOBRE:

futebolLibertadores [Copa Libertadores da América]Club Deportivo PalestinoPalestina [Ásia]
Comentários