Prejuízo: rivais de Palmeiras e Grêmio na Libertadores descansam em pausa

Desafio dos times brasileiros é grande e vai além do desgaste das viagens

Relacionadas

Enquanto Palmeiras e Grêmio se enfrentavam pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, os rivais da dupla nas semifinais da Copa da Libertadores descansavam. O Boca Juniors, rival do clube alviverde, tem uma janela de 12 dias, enquanto o River Plate, que duela com o time de Porto Alegre, tem 11 dias sem jogos.

Isso aconteceu pois diferente do nosso torneio nacional, o Campeonato Argentino aderiu a pausa para a data Fifa. O jornal Olé, um dos principais periódicos argentinos, analisou a vitória do Palmeiras por 2 a 0 sobre o Grêmio e fez questão de ressaltar a vantagem do descanso. 

"Boca e River tiveram um final de descanso por causa da data Fifa, enquanto seus rivais disputaram uma partida intensa. Será que Guillhermo Barros Schelotto e Marcelo Gallardo (treinadores) fizeram anotações?", questionou.

Ambas as equipes argentinas entram em campo faltando quatro dias do duelo pela Libertadores. Antes do primeiro jogo com o Palmeiras, em casa no dia 24 deste mês, o Boca enfrenta o Rosário. O River, que também faz o primeiro jogo da decisão em casa, mas no dia 23, pega o Colón.

Mesmo assim, os brasileiros terão um dia a menos no período de preparo para as disputas em solo argentino. O Palmeiras joga em casa no dia 21 contra o Ceará, enquanto o Grêmio encara o América-MG em Belo Horizonte no dia 20. 

Lembrando, é claro, que é possível que as equipes poupem jogadores justamente pensando no confronto pelo torneio sul-americano. Faltando apenas 9 rodadas e com os dois times nas cinco primeiras posições da competição nacional, o desafio dos times brasileiros é grande e vai além do desgaste das viagens. 

 

MAIS SOBRE:

FutebolPalmeirasGrêmioLibertadores [Copa Libertadores da América]Boca JuniorsRiver Platefutebol
Comentários