Palmeiras emite nota oficial após Felipe Melo dedicar gol a Jair Bolsonaro

Volante balançou as redes na partida contra o Bahia, no último domingo, e ofereceu o feito ao candidato à presidência

Relacionadas

Depois de sair em defesa ao atacante Lucas Moura, do Tottenham, por demonstrar apoio ao candidato à Presidência Jair Bolsonaro, Felipe Melo causou polêmica domingo ao dedicar o gol marcado por ele no empate do Palmeiras com o Bahia para o político do Partido Social Liberal (PSL).

Em entrevista ao canal Premiere após o empate por 1 a 1, válido pelo Brasileiro, Felipe Melo aproveitou para ressaltar seu apoio ao candidato. "Quero agradecer a Deus pelo gol e à minha família. Esse gol vai para o nosso futuro presidente Bolsonaro", afirmou o volante palmeirense.

A declaração virou tema nas redes sociais e fez com que o Palmeiras resolvesse se pronunciar sobre o assunto. Nesta segunda-feira, o clube alviverde afirma que "o posicionamento político do atleta Felipe Melo reflete, única e exclusivamente, uma manifestação particular, e não da instituição".

"O Palmeiras respeita qualquer posição política de seus atletas, empregados e colaboradores e ratifica a sua neutralidade nas questões políticas, partidárias, de crenças, religiões e quaisquer outras formas de manifestações pessoais", informa o clube.

Em outras oportunidades, o volante já se mostrou um entusiasta de Bolsonaro. Depois que Jair Bolsonaro foi esfaqueado em ato de campanha em Juiz de Fora (MG), o jogador publicou em seu Twitter uma mensagem de apoio ao candidato. "Estamos em oração, meu amigo", escreveu Felipe Melo, ao compartilhar uma postagem de um dos filhos de Jair, Eduardo Bolsonaro, dando as primeiras informações sobre o estado de saúde do candidato à Presidência. Bolsonaro é torcedor do Palmeiras e do Vasco. 

 

MAIS SOBRE:

FutebolJair BolsonaroPalmeirasFelipe MeloPSL [Partido Social Liberal]Juiz de Fora [MG]Minas Gerais [estado]TwitterEduardo Bolsonaroreligiãorede socialeleições 2018eleições 2018 presidentefutebol
Comentários