Palmeiras recusa proposta reduzida da Globo para o Brasileirão de 2019

Crefisa, patrocinadora do clube, ofereceu ajuda na negociação

 

Relacionadas

A Globo deu início as negociações com o Palmeiras pelo contrato de TV aberta e pay-per-view para o Campeonato Brasileiro do ano que vem. Por conter uma redução no valor, por conta do acordo do clube com o Esporte Interativo, a diretoria do clube rejeitou a primeira proposta. 

Com brasileiros na 3ª colocação, Fifa libera nova cota de ingressos para a Copa

Nike pode arcar com os custos do Real Madrid na compra de Neymar

A permanência de Mina no Barcelona depende da mulher de Coutinho; entenda

De acordo com o Uol Esporte a Globo fez uma proposta igual para todos os clubes que acertaram acordo de TV fechada com o Esporte Interativo. Inclusive ao modelo similar aceito pelo Santos no início deste mês. A redução iria variar entre 5% e 20%, dependendo das partidas do time.

O restante da proposta é similar a apresentada aos outros clubes: divisão do bolo de 40% igual, 30% por exibição na TV e os outros 30% por posição no campeonato. O PPV, por sua vez, será distribuído por número de assinantes do time. 

Os dirigentes do Palmeiras decidiram negociar sozinhos, igual fez o Santos ao aceitar a proposta. No entanto, os representantes do clube não gostaram do que ouviram. Na equipe alviverde há a visão de que, se a Globo mantiver o efeito redutor no contrato, não vale nem dar início a conversa. 

As conversas se tornaram tão complicadas que até a Crefisa se envolveu no meio. A dona da instituição. Leila Pereira, ficou ao lado do clube quando soube da proposta com valor reduzido e ofereceu alguns contatos que podem ajudar na negociação. A força da empresa é que, além de ser patrocinadora do clube, a Crefisa é também uma forte anunciante da Globo. 

MAIS SOBRE:

futebol Rede Globo Palmeiras Campeonato Brasileiro de Futebol Leila Pereira Crefisa televisão
Comentários