Palmeiras tem interesse na contratação de Paolo Guerrero, diz jornal peruano

Segundo publicação, alviverde fará uma proposta irrecusável ao atacante

Relacionadas

Perto do retorno ao futebol depois de uma longa suspensão por doping, Paolo Guerrero pode voltar a atuar no futebol paulista. Segundo informações do jornal peruano El Bocón, o Palmeiras já teria feito um primeiro contato com o jogador e estaria disposto a fazer uma proposta irrecusável para contar com o atacante, autor do gol que garantiu o título do mundial de clubes ao Corinthians em 2012.

+ Jogador argentino desfalcará seu time para salvar a vida do irmão

+ Guerrero revela perder noites de sono: 'Estou passando por uma injustiça'

+ Lateral do Liverpool dá camisa de presente a uma criança - mas a de Firmino

Segundo a publicação peruana, o alviverde busca uma outra peça para revezar com Borja no comando de ataque e estaria disposto a oferecer um vínculo de curta duração ao principal nome da seleção peruana, mas com altas cifras.

O jogador, de 34 anos, tem vínculo com o Flamengo até agosto desta temporada e ainda não entrou em acordo com o rubro-negro para a renovação de contrato. A diretoria do time paulista estaria esperando o fim das negociações para oficializar uma oferta.

Doping

Guerrero vive os últimos dias da suspensão de seis meses aplicada pela Fifa pelo uso de doping. Sem atuar em 2018, o peruano voltou recentemente aos treinos com os companheiros de Flamengo e poderá retornar oficialmente aos gramados no dia 3 de maio.

No mesmo dia, a Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês) vai avaliar o pedido da Agência Mundial Antidoping (Wada) para que a pena de Guerrero seja ampliada para pelo menos um ano - contando com o período da pena já cumprida. Caso o apelo seja atendido, o peruano ficará fora da disputa da Copa do Mundo da Rússia.

Guerrero testou positivo para benzoilecgonina, um metabólito da coca ou da cocaína, no dia 5 de outubro do ano passado. O jogador disse, na ocasião, que consumiu um chá contaminado com folhas de coca em hotel no Peru, quando ficou hospedado com a seleção de seu país, na véspera da viagem para a Argentina, para confronto pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo.

MAIS SOBRE:

futebolGuerreroPalmeirasFlamengoFifa [Federação Internacional de Futebol]CAS [Corte Arbitral do Esporte]dopingCopa do Mundo Rússia 2018 [futebol]Agência Mundial Antidoping
Comentários