Papéis picados em clássico eram para festa de título da Copa do Brasil 2018

Jogo entre Corinthians e Santos atrasou dezessete minutos por causa do excesso de papéis no gramado

Relacionadas

A chuva de papel picado que ocorreu antes do jogo entre Corinthians e Santos não estava originalmente planejada para este jogo. Segundo o blog De Primeira, do portal UOL, o alvinegro paulistano projetou o efeito para a final da Copa do Brasil 2018.

Na ocasião, os papéis picados não foram lançados porque o Corinthians perdeu o título para o Cruzeiro. Depois de perder por 1 a 0 para o time mineiro em Belo Horizonte, a equipe paulistana foi derrotada por 2 a 1 em São Paulo, em um jogo com intervenções polêmicas do VAR.

Com isso, a chuva ficou para outro momento. Os administradores da Arena planejaram para o jogo do Campeonato Paulista como uma forma de celebrar o bom momento do Corinthians nos clássicos. O show também envolveu uma equipe de rapel que desceu de uma altura de mais de 70 metros.

Os papéis picados, porém, causaram transtorno. A ventania jogou os papéis no gramado, e como o excesso poderia atrapalhar a visão das marcações do campo, uma equipe de limpeza teve que entrar para retirar parte dos papéis, o que atrasou o início do jogo, o que virou motivo de diversos memes. O juiz relatou o fato na súmula.

Em campo, Corinthians e Santos fizeram um jogo aguerrido, mas que terminou sem gols.

MAIS SOBRE:

futebolCorinthiansArena CorinthiansSantos Futebol ClubeCruzeiro Esporte Clube
Comentários