'Para nós, foi uma traição', diz Insigne sobre ida de Sarri à Juventus

Atacante afirma ainda que não tem intenção de sair da equipe do sul da Itália, onde está feliz

Relacionadas

A ida do ex-técnico do Napoli, Maurizio Sarri, para a Juventus ainda dói para os napolitanos, e quem garantiu isso foi um dos próprios jogadores do time: o atacante Lorenzo Insigne, capitão da equipe e que nasceu na província de Nápoles.

“Eu já disse e digo novamente: para nós, napolitanos, foi uma traição. E sempre será. Agora, temos que focar em nós mesmos e tentar vencê-lo. O Campeonato Italiano é um sonho para todos nós e vamos tentar mais uma vez”, afirmou Insigne.

O Napoli foi vice em três das últimas quatro edições do Campeonato Italiano, duas delas com Sarri no comando. “Não há bola de cristal que nos diga quando venceremos o Campeonato, mas, como todos os anos, daremos nosso melhor para sermos competitivos até o fim”, projetou o capitão do time.

Insigne ainda negou que sairá do clube. "Estou feliz em Nápoles e quero ficar aqui pelo resto da minha carreira. Marcar aquele gol contra o Real Madrid me deu sensações tão fortes e eu espero que outros jovens napolitanos possam se sentir da mesma maneira no futuro. É o sonho de todos os garotos napolitanos e estou muito orgulhoso por estar nesta posição”, projetou.

Além da fala de Insigne, os napolitanos deram outras mostras de não perdoar Sarri por ir para um time que odeiam. Enquanto uns desejaram azar, outros arrancaram um placa dedicada ao treinador que havia sido afixada em um muro da cidade.

O gol a que ele se referia aconteceu nas oitavas de final da Liga dos Campeões 2017, na melhor campanha recente do time no torneio. Insigne foi formado no Napoli e, depois de empréstimos, está no clube desde 2012. Foi campeão da Copa da Itália em 2014 pelo clube.

MAIS SOBRE:

futebolNapoliJuventus de TurimMaurizio Sarri
Comentários